livin' is hard enough, without someone fuckin' up

until the end, breaking benjamin @

Basicamente, ambos começámos por escavar este enorme buraco, lado a lado, ambos guiados pelo vislumbre de um tesouro que nos esperava, no final do trilho subterrâneo. Houveram tempos em que nos perdemos um do outro, mas acabávamos sempre por voltar a reencontrar-nos de uma maneira ou d'outra, mais tarde ou mais cedo. Assim, da última vez que te perdi, de novo, não fiquei tão amedrontada: "Ele volta. Ele volta sempre., e sentei-me simplesmente à tua espera: "Ele não demora. Ele nunca leva muito tempo.". E foi aí que as coisas começaram a correr mal. Enquanto eu esperei e acreditei que estavas a seguir o teu caminho de volta para mim, tu estavas a fazer precisamente o contrário - e como estava demasiado escuro, nem te consegui ver ao fundo do túnel, a voltar para trás. Sozinho; sem mim. Bem, mas o que interessa é que me apercebi do que estavas prestes a fazer: A desistir de tudo o que a nós se relaciona, e, assim, comecei a correr na tua direcção, enquanto toda a escavação desabava. Enquanto tudo o que havíamos conseguido se perdia. Olhaste para trás e viste-me. E agora estamos assim; ainda aqui e tudo cai à nossa volta. Temos de tomar uma escolha; quer dizer, tu é que tens, porque a minha continua a mesma. Eu vou prosseguir até ao fim deste túnel, contigo... Ou sem ti. 

tens mil e uma razões para partir...
desafio-te a encontrares uma para ficares

0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com