a (minha) definição de amizade

Image and video hosting by TinyPic
fotografia por: roberto brás @

Sinto-me na tentação de partilhar convosco, leitores, a minha definição de amizade, porque parece-me que muita gente não tem a mesma ideologia que eu...

Então, um amigo é aquela pessoa que quando vemos passar na rua, sentimos a tentação de caminhar para ela de braços abertos e sorriso verdadeiro (é importante este facto) no rosto. Perguntamos-lhe como está, se tem novidades, o que tem feito, damos umas risadelas abertas e com mais dois dedos de conversa, despedimo-nos. Depois, mais tarde, havemos de combinar qualquer coisa e estar juntos. É isso que os amigos fazem, não é? Estar juntos; manter o contacto e o interesse (...) O significado. Quando sabemos que esse amigo está mal (sim, porque se somos amigos, devemos estar minimamente presentes para saber essas coisas), damos o nosso ombro e as nossas palavras. E vice versa, obviamente.

Esta é a minha definição. Mas há outras!

Como ter amizades praticamente de grandes distâncias; ausentes e sem qualquer nenhum tipo de contacto, a não ser vagos cumprimentos secos e rápidos; trocas fúteis de palavras sem qualquer substância e nenhum tipo de apoio entregue ou recebido. São aqueles amigos que estão na nossa lista para uma festa de aniversário, mas que não estão na lista das "Pessoas-Que-Me-Ligam-Quando-Precisam-De-Ajuda-Ou-Para-Conviver-Simplesmente".

E deve haver mais... Mas, neste momento, só me ocorrem estas duas.
Qual é a vossa definição?

2 mixed words:

  1. we're miles away from eachother, we go days without talking, but I consider you one of my dearest friends.

    ResponderEliminar
  2. but we support each other, whenever it's really necessary. and when we talk, we share interest about each other's lives and we always act truthful.

    ResponderEliminar

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com