vergonha

Não compreendo este género de pessoas… É que eu nem acho que se trate de falta de carácter; acho que são simplesmente desprovidas deste, de todo. Parece que, apesar de se auto-rotularem como pessoas orgulhosas, andam por aí a rastejar na própria desgraça que são e fazem; capazes de implorar, de se subjugar, de se ridicularizarem completamente, apenas para que não se evidencie a sua própria tristeza. Esse tipo de pessoas que se julgam de personalidade forte, quando não passam de pequenas amostras de gente, que se definem pelo que gostavam de ser e não são e por aquilo que idealizam ter, quando, de facto, nem têm. São pessoas necessitadas por atenção e que agarram tudo o que lhes rodeia, para que isso se torne seu - obviamente que não resulta; enganando-se a si mesmas, constantemente. E o facto mais interessante dessas mesmas pessoas é que, apesar desta sua clara miserabilidade, se julgam superiores ao resto do mundo e arredores, quando, realmente, não passam de uns anõezinhos numa terra de gigantes, que passam maior parte do seu tempo a exibirem não só o quase-nada que realmente têm, como também aquilo que ilusoriamente pensam possuir.  

0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com