Para mim, existem três tipos de pessoas. E quem não quiser concordar comigo, que discorde. E se, mais tarde, alguém quiser dar-me a razão, faça-o simplesmente, pondo o orgulho de lado. Se querem que vos diga, por vezes, este é demasiado sobrevalorizado. Mais uma vez, esta é apenas a minha opinião.

Lembro-me quando te disse que as pessoas eram aquilo que decidiam. Tu discordaste - ultimamente havias tomado o maldito hábito de tomar lados contrários aos meus, sabia-se-lá-porquê! -, afirmando que nós éramos a junção do nosso património genético com o meio ambiente envolvente. E tinhas razão. O que me pareceu é que te havias esquecido que, não é o facto de estares certo que me põe erradaPodemos estar ambos certos. Podemos ambos intersectar-nos nalgum ponto - seja ele qual for… Podemos ser linhas perpendiculares, por uma vez; outra vez...
Podemos ambos lutar pelo mesmo objectivo.

Eu sou as decisões que tomoPorque é a forma como solucionamos e seleccionamos as hipóteses e caminhos que se nos apresentam, que transforma e constrói, realmente, o nosso carácter. E penso que nunca é tarde demais para mudar uma opção que tomámos, outrora. Mudar uma opção não implica que sejamos pessoas de carácter contraditório ou indeciso, que não devem ser levadas a sério… Isso é uma ideia fechada e pouco fundamentada.

Torna-nos pessoas que sabem lidar com o facto de nem sempre possuírem a Razão como constante na sua vida. Pessoas corajosas o suficiente para admitirem a si mesmas e ao Mundo que nem sempre tomaram as melhores decisões, fosse porque razões fosse… Pessoas fortes o quanto baste, para aguentarem com todas as consequências que advirão, eventualmente, de tais mudanças de rumo...

E depois existem aquelas pessoas retrógradas que se auto-intitulam de inteligentes, apenas porque regem-se sob uma crença de que nunca cometem erros; de que são demasiado espertas para se deixarem enganar por alguém, ou por alguma situação; que acreditam activamente que estão sempre e exactamente certas, nem que, para isso, o resto do Mundo tenha de estar errado. 

Eu, sinceramente, já conheci, pelo menos, uma pessoa assim. E só não sinto pena dela porque agrada-me que ela seja desse jeito… Pessoas destas acabam sempre por ficar resumidas à própria insignificância que são e que escondem por detrás de máscaras brilhantemente enfeitadas. E negam esse facto até à exaustão, esquecendo-se que factos são factos. E estes estão-se pouco lixando para a opinião delas.

Mas voltando a nósÉ por isso que te digo para não fugires às decisões que tão inevitavelmente precisam de ser tomadas. Porque acredita que, pior do que ser uma pessoa incapaz de alterar a sua opinião e percepção da realidade, de mau carácter, é ser uma pessoa desprovida do mesmo.

E eu sei que tu és uma pessoa maravilhosa… Mas ultimamente andas com os olhos tão fechados e as costas completamente viradas, que parece que até já te esqueceste de como era o reflexo que te costumava aparecer no espelho.

0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com