uns morrem… e outros, não

Sempre foste pessoa de exibicionismos (apesar de tal característica se ter intensificado, nestes últimos tempos) e eu não vou criticar-te por isso, porque, aparentemente, a única maneira de viveres a tua felicidade é espelhando-a ao resto do mundo, como se estivesses numa espécie de competição (digo-te desde já, que estiveste sempre a competir alone).

E, de facto, tenho algumas perguntas para te fazer, neste aspecto:
Quantos, dessas pessoas que te rodeiam, é que te ouvem realmente? Os teus sonhos, os teus desabafos? Em quantos ombros, desses, é que já choraste? Quantos deles já sequer te abriram o seu coração, realmente? (…) Afinal, não são assim muitos.

A culpa não é inteiramente tua. Simplesmente, existem pessoas convenientes
E mais não digo. Vá, be "happy".

1 mixed words:

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com