this is me, leaving & that's you not stopping me

"E deitados na areia, ficámos tão juntos.
Senti os teus lábios, em gestos profundos. 
Ficámos os dois, isolados do mundo."

Às vezes, pergunto-me se, quando me falavas do Destino, sentias realmente as tuas palavras. De facto, foi engraçada a forma como nos conhecemos: sem quaisquer expectativas e com o maior dos improvisos. E eu sempre pensei que era assim mesmo que todas as coisas deveriam começar, de forma a se tornarem ainda maiores, com o passar do tempo. Tal não aconteceu: não por circunstâncias da vida, como seria de esperar (porque essas estiveram sempre do nosso lado), mas por outro tipo de razões - complexas de tal modo, que nem eu as consigo entender. Mas o que está feito, feito está. E eu já não sou mais aquela rapariga que mirava as feridas, dias afio, sentada sobre o chão, depois da queda. Não. Levantei-me e estou a seguir caminho. E ainda me lembro quando um grande amigo meu me disse que, quando perdemos alguém que vale muito a pena, nunca é tarde para a impedirmos de partir. Tu não o fizeste; e eu percebi a mensagem. Adeus e sê feliz. 

0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com