À tua futura namorada...


Eu espero que saibas que, nas tuas mãos, tens um valente tesouro. Daqueles que passam por nós só uma vez na vida: portanto, que seja desta. Tomara eu poder ser tu, só para ter uma segunda oportunidade... É nisso que te invejo mais, no meio disto tudo.

Espero que saibas que ele não é de muitas palavras. E mais que isso: raramente conseguirá expressar-se da forma mais adequada. Não é por falta de esforço, claro que não. Mas dialogar abertamente nunca fez parte dele. Ele prefere os gestos minuciosos às palavras. Ele prefere mostrar-te que gosta de ti, em vez de dizer-to simplesmente. Muitas vezes, parecerá que não te está a escutar com atenção, mas acredita: ele está a fazer o seu melhor. Apenas, para ele, o silêncio é a melhor opção quando não se sabe bem o que dizer.


Espero que saibas que ele é das pessoas mais distraídas à face da terra. Há-de se esquecer de compromissos e de datas. Não quer dizer que não se importa, apenas que a sua cabeça está constantemente a divagar. Tenta ser compreensiva, o máximo que puderes. Porque acredita: levantares-lhe a voz é o primeiro passo para que ele te vire as costas. Não por cobardia, ou por falta de paciência, mas por achar que nada se resolve aos gritos.

Ele é calmo até dizer chega. E eu sei que, por vezes, vai fazer-te sentir como se não lhe fosses importante o quanto baste, mas isso não é verdade. Se ele está contigo, acredita: tu importas. Aliás, és aquela que tem um lugar especial na sua vida e na sua mente. És aquela em quem ele pensa antes de adormecer. És aquela que ele recorda, quando estás longe. Mas ele não te dirá essas coisas, porque ele assume que já as sabes. Faz parte dele ser assim. Não é por mal, acredita em mim.


Haverá dias em que o sentirás mais ausente que nunca. Podes perguntar-lhe o que se passa as vezes que quiseres, que ele dir-te-á sempre que é nada. E, na verdade – e eu sei que custa a acreditar -, maior parte das vezes é mesmo assim. Ele apenas se fecha por entre muralhas – antigas amigas -, para tirar o seu tempo para si. Ele precisa desse tempo e dessa defesa, porque sempre lhe foram inatos. Nesses momentos, dá-lhe o seu espaço, mas assegura-te que ele sabe que continuas lá. Eu sei que é difícil esperar por quem amamos. E eu sei que é terrível sentir na pele a ausência do seu olhar e do seu corpo... Mas acredita em mim: ele volta. Melhor do que nunca e pronto para te dar todos os carinhos que quiseres.

Eu espero que saibas que ele nem sempre dirá as coisas certas. E que, muitas vezes, te irá deixar mais que confusa com as suas atitudes estranhamente vagas, mas acredita em mim: esse homem amar-te-á com tudo o que tiver e por tudo o que tu és. E enquanto fores digna desse amor, acredita que ele fará com que todos os momentos valham a pena. Levar-te-á a passear de madrugada, para juntos verem o sol nascer. Dançará contigo à chuva, enquanto todos os outros se abrigam num local seguro. Mostrar-te-á como é que se desfrutam momentos e se vive a vida em pleno. É esse o tipo de homem que ele é. Sempre foi assim. Agarra-te a ele, mas não te esqueças de deixá-lo respirar.


Ele não é o homem que te salva das trevas. Ele é o homem que te mostra que existe luz em todo o lado, se olhares como deve ser. Ele é aquele que te mudará a vida por completo, ao ponto de já nem te lembrares de como esta era até ele ter aparecido. E acredita em mim: se alguma vez o tomares como garantido, ele escapar-te-á. E essa dor - a da sua perda - permanecerá a latejar-te no coração para sempre. Vai por mim... a que o perdeu, outrora.

Guarda-o bem. Ama-o bem. E nunca o deixes escapar.

Nem sabes a sorte que tens: uma oportunidade vinda dele. O que eu não dava para estar no teu lugar... Mas bem, a minha vez já passou.

0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com