De todos os loucos, eu escolhi-te a ti.


Jamais te encararei como uma "escolha errada", ou como "tempo perdido". Não sou assim. E só porque algo não resulta; e só porque algo não segue o caminho que tanto queríamos... não significa que não tenha valido a pena. É isso que nos falta, muitas vezes. Compreender isto mesmo: que vale sempre a pena tentar, mesmo que não resulte. 

Jamais te olharei como uma espécie de "derrota". Ao invés, encaro-te como uma "lição". De que nem todos os passos da nossa vida têm de ser premeditados e repensados até à exaustão. De que nem todas as histórias de amor têm de envolver "amo-tes", ou dedos entrelaçados. De que nem todos os finais das mesmas têm de ser tristes e tempestuosos. De que nem tudo tem de ter uma justificação, um motivo.

Ensinaste-me tanto com essa tua atitude de quem nunca aprende nada. Com essa tua laia de brincalhão que não procura controlar nada, nem ser controlado por ninguém. Com esse teu jeito de desapego e irresponsabilidade. Com essa tua paixão pela adrenalina e pelos problemas. 

Continuo a dizer que foste o maior louco que alguma vez conheci. E talvez o que melhor se conectou comigo, e com a minha loucura e estranheza, em todas as suas formas. E, por isso, procuro despedir-me de ti, com este texto, e com o maior dos sorrisos e talvez até com algumas gargalhadas... tal como sempre foi. tal como sempre fomos. 

Quando apareceste, de rompante, pela minha vida, à porta do meu apartamento, feito turista em cima de uma mota e de mochila às costas, já devia ter percebido que vinhas meramente de passagem, e sem quaisquer intenções de ficar. E não te censuro mais por isso. És assim: um puro louco idiota, e querer que mudes seria ir contra tudo aquilo que me fez prender-me a ti, em primeiro lugar.

Serás feliz à tua maneira, disso eu tenho a certeza. Viverás como queres, sem nunca deixares nenhum mapa guiar-te, e nenhuma mulher prender-te. Respeito-te por isso, mesmo que o meu maior desejo seja ver-te ficar... Mas tu és assim: um louco frio apaixonado pela Vida apenas. Admiro-te por isso, mesmo que o meu maior sonho tenha sido ver-te apaixonado por mim também.

Faz boa viagem... Foi um enorme e radioso prazer conhecer-te.


0 mixed words:

Enviar um comentário

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com