Ser-se dos Açores é ter Saudade.


Ser dos Açores significa mais do que ser-se de uma ilha; significa pertencer a um grupo. A uma realidade que tão poucos têm o privilégio de viver. Ser dos Açores significa mais do que ter um sotaque diferente e expressões engraçadas, como ‘blica’, ‘gama’ ou ‘passar o mapa’. Ser dos Açores significa mais do que comer inhames com linguiça ou torresmos, ou ter o mar sempre ao alcance da vista. Ser dos Açores significa mais do que saber a vida de toda a gente da nossa freguesia. 

Ser dos Açores significa ser grande, num sítio pequeno. Significa estar sempre perto da família e daqueles que querem o nosso bem. Significa Verões à beira da costa, ou na esplanada do nosso café favorito, com as nossas pessoas preferidas. É sentir a brisa do Oceano, mal saímos de casa. É acampar com os amigos, no meio de descampados e mato, em noites frescas, quando só o álcool e a música nos aquecem. É ter aquela infância de sonho, a correr de um lado para o outro, no meio de animais e de rochas, a apanhar peixes com o camaroeiro. É poder andar pela vila, de madrugada, sempre com sensação de segurança. É levar com furacões e, mesmo assim, sair para a rua. 

Mas também significa saudade. E quem conhece melhor a Saudade, do que um Açoriano que teve de abandonar o seu lar? (...) Significa, para muitos, a derradeira partida, rumo ao grande Continente. Significa despedir-se dos amigos, da família e dos lugares que já tão bem conhecíamos, para partir para o completo desconhecido.

Ser Açoriano significa, mais tarde ou mais cedo, ter de dizer ‘Adeus’... mas só por enquanto. Porque, mais tarde ou mais cedo, e mesmo que só por um bocadinho... acabamos sempre por lá voltar, para matar estas saudades gigantes que só um Açoriana as sabe.

- DANIELA ROSA

13 mixed words:

  1. Muito bom tas de parabens :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que gostaste, NICINHA! :)

      Eliminar
  2. Não precisavas de me fazer chorar :')

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desde que seja com um toquezinho de felicidade :)

      Eliminar
  3. Daniela, a professora não é açoriana, mas, são tantos os anos, que já me sinto uma! A minha mãe costuma dizer que a nossa terra é aquela na qual nos sentimos bem! Eu amo estar aqui, amo estas gentes, amo esta paz, amo este verde, amo este oceano que me rodeia. Um único senão, a família não estar mais perto. Se um dia deixar este paraíso sei que vou sentir muita SAUDADE!
    Amei as tuas palavras!
    Beijocas
    Ana R.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sua mãe tem muita razão! E fico estrondosamente feliz por estar a sentir-se tão em casa. Aí está o poder dos Açores: faz-nos sentir como se lá pertencêssemos :) Aproveite tudo o que as maravilhosas ilhas têm a oferecer-lhe e seja muito feliz.

      Um beijinho.

      Eliminar
  4. Adorei o texto, simplesmente tudo o que sinto após deixar a ilha Terceira à 18 anos para estudar.
    Permite-me que o copie e partilhe no facebook?

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Muito bom!
    Deixou uma Micaelense ainda com mais saudades da ilha ;)

    ResponderEliminar

 

partnership

~

LADY WRITER

Eu tenho um sonho. Um sonho que realizo todos os dias: escrever. Agora, também tenho um objectivo: ser escritora. Quiçá, um dia terei o meu nome em capas duras, espalhadas por prateleiras. Até à obra nascer, hei-de sonhar. CONTACTO: imdanierose@gmail.com